3ª edição
lisboa, 2019
   A terceira edição do Simpósio Internacional História Cultura e Relações de Poder, que terá como tema “Revoluções no Mundo Lusófono: Rupturas e Permanências”, ocorrerá nos dias 29 e 30 de abril de 2019 na Universidade de Lisboa, mês em que se comemora os 45 anos da Revolução dos Cravos. Com o tema “Revoluções no Mundo Lusófono: Rupturas e Permanências”, a terceira edição pretende reunir pesquisadores das mais diversas instituições e países que desenvolvam trabalhos nas áreas de História, Literatura, Política, Relações Internacionais, Sociologia, Economia, Filosofia, Cultura e Artes em geral.
   O objetivo é discutir acerca dos processos políticos, sociais, artísticos, econômicos e intelectuais, etc., ocorridos nos países lusófonos. Serão bem-vindas pesquisas que, dentro de uma perspectiva comparatista histórica interna e/ou transnacional, abordem as ideias de rupturas e permanências ocorridas nestes processos, assim como a influência mútua das relações e processos históricos, tanto no período colonial quanto no período pós-independência, entre os países que hoje integram a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Parcerias
 

  Para a terceira edição, contaremos com a participação dos colaboradores que se juntaram nas edições anteriores e também com o apoio da Universidade Federal de Juiz de Fora, através do Professor Doutor Leandro Pereira Gonçalves, e, na Universidade federal de Santa Maria, com o Professor Doutor Odilon Caldeira Neto, o que ajuda a alargar o alcance do Simpósio. Por fim, associou-se ao projeto a experiência acadêmica do Professor Doutor José Eduardo Franco que acolhe, junto com o CLEPUL, o evento em 2019.

 

Instituições Organizadoras

 

CLEPUL - Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL/ULisboa)

 

FURG – Universidade Federal do Rio Grande – Instituto de Ciências Humanas e da Informação

 

IECCPMA- Instituto Europeu de Ciências da Cultura – Padre Manuel Antunes

 

IEAC-GO - Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização

CIDH - Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização

 

Universidade Aberta/CLEPUL - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa 

 

COMPARES  - Associação Internacional de Estudos Ibero-Eslavos.

 

UNIFESSPA - Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará/ Grupo CNPq: Estudos Portugueses e Africanos

 

CICS.NOVA - Centro Interdisciplinar de Ciências Socais da Universidade Nova de Lisboa

 

MIMA – Museu Internacional das Mulheres - Associação

Projeto Estreitando Margens (UL/UNL/UNIFAP/UEAP)

PROGRAMAÇÃO

                                                                                           

                                                                                            DIA 29 DE ABRIL DE 2019

 

9h00- ABERTURA DO EVENTO (ANFITEATRO III)

9h15- 10h30 – SESSÃO PLENÁRIA 1 (ANFITEATRO III)

BRASIL E PORTUGAL: PANORAMA DAS RUPTURAS HISTÓRICAS E ATUALIDADE POLÍTICA

JOSÉ EDUARDO FRANCO (ULISBOA -CLEPUL)

FRANCISCO DAS NEVES ALVES (FURG)

RODRIGO SANTOS DE OLIVEIRA (FURG)

ISABEL LOUSADA (NOVA.FCSH/CICS.NOVA/CLEPUL) - MODERADORA

 

10h30-11h00 – COFFEE BREAK

11h00 – 12h30 – SESSÕES PARALELAS

SESSÃO PARALELA 1 (SALA B2):

Moderação: Francisco das Neves Alves

1.Força da Alegorização: Representação Do Poder Em Ensaio Sobre A Cegueira- Diógenes Pereira da Silva (UFBA-FLUL)

2.A escrita de  Lilia Momplé :entre o real  e o ficcional - Maria Suely de Oliveira Lopes (UESPI)

3. A Revolução dos Cravos revisitada em os Memoráveis, de Lídia Jorge. A viagem ao “coração da fábula” em revisão. O olhar dos jovens: entre a utopia e o pragmatismo- Maria Carlos Lino de Sena Aldeia (CLEPUL-FLUL)

4. Apontamentos sobre a vida na aldeia: cotidianos portugueses no período ditatorial em “O coro dos defuntos” de António Tavares- Gabriela Silva (URI)

 

SESSÃO PARALELA 2 (SALA B3):

Moderação: Rita Machado

1.As muitas faces de Maria Feio – Elisabeth Fernandes Martini (SME - Rio de Janeiro, PPRLB/RGPL, FLUL)

2. Imprensa Feminina e Regimes Autoritários: comparações entre os primeiros anos do Salazarismo e do Varguismo - Elisa Fauth da Motta (UL-ICS)

3.Das sambistas às fadistas: A resistência das mulheres por meio das produções culturais - Maria José de Oliveira Navarro (MACKENZIE)

4. Do jornal ao toucador: a correspondência feminina no Paráoitocentista- Maria Lucilena Gonzaga Costa Tavares (UFPA)/ Márcia do Socorro Pinheiro (UFPA)

 

SESSÃO PARALELA 3 (SALA B4):

Moderador: Marly Soares

1. Marias, plural de Mariana- Marina de Souza Lazarim (USP)

2. A pena e o cárcere: a participação de Ana Plácido na imprensa entre os anos de 1860 e 1861 - Andreia Alves Monteiro de Castro (UERJ- PPLB/RGPL)

3. Maria Peregrina de Sousa e a sua escrita transatlântica-

Ana Cristina Comandulli (UNIRIO/RGPL/FLUL)

 

SESSÃO PARALELA 4 (ANFITEATRO III):

 

Moderador: Isa Severino

1.Uma leitura dos textos políticos de Jorge de Sena no marco de seus 100 anos de nascimento – Fábio Ruela de Oliveira (UNICENTRO/Fundação Araucária)

2. Mário de Andrade e Carlos Lacerda: cartas no front - Rodrigo Jorge Ribeiro Neves (IEB-USP/FAPESP)

3.Os “de lá” e os “de cá”, reinóis e colonos: apontamentos sobre a politização das diferenças na construção das identidades políticas na Independência da América Portuguesa- Edna Maria Matos Antônio (DHI/PROHIS – UFS)

4. Reflexões sobre as “afirmações” heroicas de Jackson de Figueiredo: matizes da direita no Brasil – Luiz Mário Ferreira Costa (USP)

 

12h30 -14h00 - ALMOÇO

 

14h-16h – SESSÕES PARALELAS

 

SESSÃO PARALELA 5 (SALA B2):

Moderador: Lauro Fabiano

1.A arte da palavra em Becos da Memória, de Conceição Evaristo: registro das relações desiguais de raça, gênero e classe social- Izabel Sandra de Lima (UEPG/NUREGS/PPGEL)/ Marly Catarina Soares  (UEPG/NUREGS/PPGEL)

2. Missivas femininas na província do Grão-Pará- Germana Maria Araújo Sales (UFPA/CAPES)/ Márcia do Socorro da Silva Pinheiro (PPGL-UFPA/ CAPES)

3. A Cultura clássica e o processo de nomeação de sexualidades divergentes no século XIX- Daniel Vital Silva Duarte (UFBA/CAPES/ICS-ULisboa)

4. Análise comparativa das edições portuguesa e brasileira da obra Os livros que devoraram o meu pai, da autoria de Afonso Cruz: unidades lexicais, locuções e estruturas frásicas com função adjetiva - Anabela Barreiro (INESC-ID Lisboa); Ida Rebelo-Arnold (Universidad de Valladolid); Isabel Garcez (CLEPUL/UL); Tanara Zingano Kuhn (CELGA-ILTEC/Univ. de Coimbra)

5. As mulheres como protagonistas no processo de inclusão social no Brasil – Veramoni Coutinho (IFAP)

 

SESSÃO PARALELA 6 (SALA B3):

Moderador: Isabel Lousada

1. Memória, trauma e (in) justiça: a “história a contrapelo” em Feliz ano velho e Ainda estou aqui- Caroline Peres Martins (UNICAMP)

2. O entrecruzamento de história e literatura em K., de Bernardo Kucisnki- Clara Bomfim dos Santos

3. A literatura como memória da Ditadura Militar Brasileira: a voz de Heloneida Studart como representante do Feminismo Brasileiro na Literatura da década de 1970- Evellyn Melo

4. A mesa tucuju: historia, identidade e sociabilidade na Amazônia setentrional- Marcelino da Costa Alves Junior (CLEPUL)

5. “Arquivo e memória de Renato Castelo Branco: biografia autoral e os processos de escrita e reescrita genéticos - Márcia Edlene Mauriz Lima (UFPI)

 

SESSÃO PARALELA 7 (SALA B4):

Moderadora: Suilei Giavara

1. Lélia Gonzalez e seu discurso contra hegemônico: contribuições para o feminismo negro brasileiro Karina de França Silva Valle (UFABC)

2. Ficcionalizar o passado: a participação feminina na Guerra dos Farrapos em A casa das sete mulheres - Karine Rocha (UFPE)

3. Nos confins da Amazônia setentrional brasileira: mulheres nas trincheiras da resistência- Marcia Jardim Rodrigues (CLEPUL)

4. As transformações acerca de Adelaide: diálogos sobre gênero e sexualidade em uma instituição educacional de São Paulo - Mário Augusto Costa Valle (SENAC-São Paulo)

5. Mulheres, dialética e comunidade: outra epistemologia - Rita de Cássia Fraga Machado (UEA)

 

SESSÃO PARALELA 8 (ANFITEATRO III):

Moderador Fabio Mário da Silva

1. Reminiscências poéticas de Jorge Barbosa em Sonhos Caminhantes, de José Luís Hopffer Almada- Maria Raquel Álvares (CLEPUL)

2. Florbela Espanca e Judith Teixeira: escrita de ruturas e permanência- Isa Vitória Severino (Instituto Politécnico da Guarda – UDI)

3. Os memoráveis, de Lídia Jorge: salazarismo - uma luta inacabada?-Silvia Niederauer (PUCRS)

4. Uma leitura ideológica de A noite, de José Saramago-Natália Pedroni Carminatti (UNESP-Araraquara)

5. Entre História e histórias: revoluções na obra de Saramago – Sara Grünhagen (Sorbonne Nouvelle/ Univ.Coimbra)

 

16h00-16h30 – COFFEE BREAK

16h30 – 18h20 – SESSÃO PLENÁRIA 2 (ANFITEATRO III)

HISTÓRIA, CULTURA E POLÍTICA NOS PAÍSES AFRICANOS DE LÍNGUA PORTUGUESA

BRUNO SENA MARTINS (CES-UNIVERSIDADE DE COIMBRA),

ELIAS BINJA (UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO/UNIESP)

IOLANDA ÉVORA (ISEG/CESA)

MARIA PAULA MENESES (CES-UNIVERSIDADE DE COIMBRA)

INOCÊNCIA MATA (ULISBOA), - MODERADORA

 

 

18h20 – 19h00 - SESSÃO DE LANÇAMENTO DE LIVROS

                                                                                     

 

                                                                                          DIA 30 DE ABRIL DE 2019

 

9h00-10h40 SESSÕES PARALELAS

 

SESSÃO PARALELA 9 (SALA B2):

Moderador: Michelle Vasconcelos

1. Revolução e poesia nas crônicas de Rubem Braga: um percurso lírico na história do Brasil- Rafael da Cruz Ireno (USP/Sorbonne Nouvelle)

2.Sobre Prodígios Memoráveis: a Revolução dos Cravos em Dois Romances de Lídia Jorge- Mauro Dunder (UFRN)

3. O mundo surreal de Judith Teixeira- Suilei Monteiro Giavara (Instituto Federal de Goiás)

4. A (des)construção dos mitos ideológicos portugueses em António Lobo Antunes- Daniella Sigoli Pereira (Unesp/Ibilce)

 

SESSÃO PARALELA 10 (SALA B3):

 

Moderador: Rodrigo Santos de Oliveira

 

1. Pequenas revoluções diárias: rupturas, permanências e a existência de mulheres como resistência em Sinfonia em Branco, de Adriana Lisboa e Quarenta Dias, de Maria Valéria Rezende - Pilar Lago e Lousa (UNICAMP)

2. Casa sem pão, de Maria Archer: ensaio para uma ruptura- Márcio Matiassi Cantarin (UTFPR / CLEPUL)

3. Mulheres na Revista Feminina: das colaboradoras às autoras (catálogo)- Juliana Bonilha (UNESP/ CLEPUL)

4. A experiência feminina diante da violência: a via crucis perpetuada – Rosangela Sarteschi (USP)

 

SESSÃO PARALELA 11 (SALA B4)

 

Moderador:  Fransmar Costa Lima

 

1. Festivais da Canção: Brasil e Portugal: Música, revolução e cruzamentos (1964-1975)-José Fernando Saroba Monteiro (UFRRJ/CLEPUL)/José D’Assunção Barros (UFRRJ-PPGHC-UFRJ)/Jorge Mangorrinha (ULusófona/ CLEPUL);

2. Revolução e Cultura - Atlântico luso-afro- indígena-brasileiro: fluxos, devires e poéticas em Arte contemporânea- Diego Alexandre de Souza

3.. “Parahyba” feminina, mulher brava sim sinhô ou xanduzinha meu amor - Aldinida Medeiros (UEPB/GIELLus/PPGLI); Isabel Lousada (CICS.NOVA/CLEPUL); Aldinizia Souza (IFRN/LEHS-UFRN)

4. Clarice Lispector e Julio Cortázar – Débora Mutter (PUCRS)

 

SESSÃO PARALELA 12 (ANFITEATRO III)

Moderador: Elias Binja

1. A memória como estratégia narrativa em A noite das mulheres cantoras de Lídia Jorge - Maria Aparecida da Costa (Ppgl-UERN/UFRN)

2.. Figurações da memória e descolonização na Literatura Brasileira Contemporânea: Saavedra, Hatoum e Lisboa - Ilse M. R. Vivian (PUCRS/UFSM)

3. Identidades no Portugal Pós-Colonial: Esse Cabelo de Djaimilia Pereira de Almeida - Sandra Sousa - (University of Central Florida)

4. Transgressão, modernidade e sacrifício – Lauro Fabiano de Souza Carvalho (USP)

 

10h40 – 11h00 – COFFEE BREAK

11h00 – 12h00–SESSÃO PLENÁRIA 3 (ANFITEATRO III)

MULHERES, CULTURAS E REVOLUÇÕES

ISABEL LOUSADA (NOVA.FCSH/CICS.NOVA/CLEPUL)

MANUELA TAVARES (CCIF/UMAR)

RITA DE CÁSSIA FRAGA MACHADO (UEA) –MODERADORA

 

12h15-14h00 – ALMOÇO

14h00-15h45 -   SESSÃO PLENÁRIA 4 (ANFITEATRO III)

ARTE E CULTURA NO MUNDO LUSÓFONO

FÁBIO MÁRIO DA SILVA (UNIFESSPA/CLEPUL)

PAULO ROBERTO MONTEIRO DE ARAÚJO (MACKENZIE)

EDUARDO DA CRUZ (UERJ/CNPq)

FRANSMAR COSTA LIMA (UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO) – MODERADOR

 

15h45 – 16h00 – COFFEE BREAK

 

16h00 – 17h30 SESSÕES PARALELAS

 

SESSÃO PARALELA 13 (SALA B2):

Moderadora: Teresa Cerdeira

1. Rio de cinzas: o nazismo entre a história e a ficção em O lapso de abril, de Arturo Gouveia - Willian Sampaio Lima de Sousa (UEPB)

2. Vozes do holocausto: a resistência do testemunho – a memória, a história e a literatura contra o esquecimento- Romilton Batista de Oliveira e António Bento (UBI)

3.Na ordem do dia: uma análise das manchetes na tomada de posse do Bolsonaro- Adriana Mello Guimarães (Instituto Politécnico de Portalegre /CLEPUL) -Nuno Ricardo Fernandes (Instituto Politécnico de Portalegre)

4. Infância, violência e estado de exceção nos romances do narcotráfico- Luciana Medeiros Teixeira Francisco

5.. Um mar que une? Cooperação, línguas e desenvolvimento sustentável africano - Noémia Maria Simões (CLEPUL, CIDH-UA)

 

SESSÃO PARALELA 14 (SALA B3):

Moderadora: Aldinida Medeiros

1. Sociedade e elites após a Guerra Civil de 1832-1834.

Ascensão de uma família através da retratística ao longo do século XIX – Augusto Moutinho Borges (CLEPUL) e António Pereira de Lacerda (Ordem de Malta)

2.Abril desconstruído em Olhares Cinematográficos - Margarida Rendeiro (CHAM-FCSH-Universidade Nova de Lisboa)

3. Cinema e revolução e re-existência – Fransmar Costa Lima (Universidade Metodista de São Paulo)

4. Portugal: do projecto fundacional ao imperial. Representações estéticas  Annabela Rita (UL-FL-CLEPUL)

 

17h30– 19h00- SESSÃO PLENÁRIA 4 (ANFITEATRO III)

PORTUGAL: REVOLUÇÃO E DEMOCRACIA

ANTÓNIO COSTA PINTO (UL-ICS);

RAQUEL VARELA (UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA);

MICHELLE VASCONCELOS (PUCRS/ICS-UL/FCG)

RODRIGO SANTOS DE OLIVEIRA (FURG) – MODERADOR

 

19h00 – ENCERRAMENTO

 

 
 

 

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas até 15 de janeiro de 2019 - data limite para submissão dos resumos.

Enviar resumo entre 150 e 250 palavras, contendo Eixo temático (lista abaixo), Título da proposta, autor (es) e e-mail para IIIsimposioculturapoder@gmail.com  (o resumo deverá estar em formato Word ou PDF). As línguas do congresso são português e espanhol.

 

A Comissão Científica fará uma seleção das propostas e comunicará a sua decisão de aceitação ou recusa, que será comunicada por e-mail até 30 de janeiro de 2019.

 

As alocuções não deverão exceder 20 minutos, mesmo com dois oradores.

Participantes sem comunicação que precisam de um certificado de presença: 20€.Para o público em geral, sem necessidade de certificado de presença, a entrada é livre.

 

No valor da inscrição estão incluídos o material do Congresso e o certificado de participação. 

Os participantes são responsáveis pela preparação e custos integrais de viagem e estadia. 

 

Os participantes extra-europeus podem efetuar o pagamento in loco, enviando até dia 28 de fevereiro de 2019 a cópia digitalizada do bilhete de avião para o e-mail de inscrição.

 

Valores das inscrições e formas de pagamento:

Valores:

1) Profissional: 50 euros (até 28 de fevereiro); após a data, 90 euros.

2) Estudantes: 30 euros (até 28 de fevereiro); após a data, 50 euros.

Obs: participantes estrangeiros poderão pagar o valor mais baixo no ato do credenciamento, desde que envie por e-mail, até a data de 28 de fevereiro, a cópia da passagem aérea.

Formas de Pagamento:

1) Por depósito ou transferência bancária:

Conta Montepio - 071.10.009246-0

NIB: 0036.0071.99100092460.71

IBAN: PT50.0036.0071.9910.0092.4607.1

BIC/SWIFT: MPIOPTPL

2) Por cheque endereçado ao Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes

3) Por vale postal endereçado ao Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes

(todos os cheques, vales postais ou comprovativos de pagamento deverão ser enviados para os contactos do Congresso).

Eixos Temáticos:

  1. Revolução e Revoluções: os 45 anos da Revolução dos Cravos, re-visão e relações transnacionais;

  2. Literatura, História e Memória;

  3. As Revoluções e as Relações Internacionais;

  4. Arte e Cultura no Mundo Lusófono: entre revoluções e as relações além-mar;

  5. A produção literária no mundo lusófono: diálogos e perspectivas transnacionais;

  6. As mulheres e as Revoluções no mundo lusófono;

  7. Os intelectuais: debate e produção intelectual no mundo lusófono;

  8. Migrações: pessoas, culturas e ideias no mundo lusófono;

  9. Rupturas e permanências: re-visões sobre as revoluções no mundo lusófono;

  10. Panorama político: o mundo lusófono ontem e hoje.

Publicação:

Os textos apresentados serão objeto de seleção (em doubleblindpeer review) para volume(s) temático(s); os textos selecionados serão, posteriormente, publicados em forma de ebook no site LusoSofiahttp://www.lusosofia.net/ e pela Editora LiberArs no Brasil.

O processo de publicação demora cerca de dois anos, a partir da data do envio dos artigos pelos seus autores.

Ao final do Congresso serão enviadas as normas redacionais. 

HISTÓRICO

     O Simpósio História, Cultura e Relações de Poder se configurou, inicialmente, como resultado do projeto de pesquisa História, Literatura e Relações de Poder, coordenado pelo Professor Doutor Rodrigo Santos de Oliveira, Professor Adjunto dos Cursos de História da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), em parceria com o Grupo de Pesquisa Vozes Femininas e Escritas de Si (FURG/CNPq), coordenado pela Professora Doutora Michelle Vasconcelos. A primeira edição do "Simpósio Internacional História Cultura e Relações de Poder" teve como tema "História, Feminismos e Estudos de Gênero” e ocorreu entre os dias 21 e 23 de setembro de 2016, nas dependências da Universidade Federal do Rio Grande. Contou com palestrantes de diversas instituições do país e do exterior e com aproximadamente 350 participantes – entre ouvintes, apresentadores de Simpósios de Iniciação Científica e Simpósios Temáticos e oficinas. Na ocasião da primeira edição, participou como parceira do projeto a Universidade Presbiteriana Mackenzie, através do Professor Doutor Paulo Roberto de Araújo e com a Universidade Nova de Lisboa e Universidade de Lisboa (CICS.NOVA-CLEPUL/UL), através da Pesquisadora Doutora Isabel Maria da Cruz Lousada. Ambos foram conferencistas do evento. http://seminariohistoriaf.wixsite.com/historia

     A segunda edição do Simpósio Internacional História, Cultura e Relações de Poder teve como temática "História, Cultura e Política no Mundo Lusófono", visando estabelecer e aprofundar o debate em torno de questões significativas para o desenvolvimento do ensino e da pesquisa nas Ciências Humanas e Letras vinculados à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), no âmbito da história, cultura e política. A segunda edição teve por objetivo abrir o espaço acadêmico para a compreensão das diversas sociedades que compõe a CPLP e de suas relações em diversos níveis, congregando pesquisadores e intelectuais de várias instituições do Brasil e do mundo lusófono que estudam essa temática.

A edição também prestou homenagem à escritora, jornalista e feminista portuguesa Maria Teresa Horta – um dos ícones femininos e feministas da luta contra a ditadura portuguesa e da defesa pela democracia – pelo conjunto de sua obra e militância. Teresa Horta, que completou 80 anos em 2017, conta com uma vasta produção literária e jornalística, considerada o principal nome da literatura de autoria feminina contemporânea em Portugal, conhecida e pesquisada em vários países da Comunidade Lusófona, influenciando gerações de escritores e pesquisadores.

Como resultado da abrangência da primeira edição, foram estabelecidas também parcerias com a Pós-Graduação em História da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), com os Professores Doutor Marçal de Menezes Paredes, Doutor Luís Passos Martins e Doutor Leandro Pereira Gonçalves; com a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), através do Professor Doutor Fabio Mario da Silva e com a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (CICS.NOVA), pela Pesquisadora Doutora Isabel Maria da Cruz Lousada, além de contar com apoio financeiro da CAPES. https://seminariohistoriaf.wixsite.com/2017

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now